One way. Or other

One way. Or other


Camera : Nikon D5100
Aperture : f/22
Exposure : 1/3th
Focal : 18mm
Não me desprezes. Desafino não por querer, mas eu sou assim, entenda-me amor! Ah, meu coração também canta, apesar de errado, eu amo assim, eu te amo assim. Dói, dói aqui dentro. Meu choro perfura-me como espinhos. Concede-me o teu entendimento e deixe-me adentrar em ti. Observo-te sorrateiramente, sabia? Não julgue meu canto desordenado. Tu és rara! Pois o que sai da minha boca é puro, dirijo-me a ti com todo o amor que pode existir nesse mundo, minha flor, linda flor. Meu amor é grande, o maior. Lá no fundo tu cantas em mim com uma voz melodiosa e doce em meu coração. Os errados também amam, tenho defeitos, eu sei. Escuta meu pranto! Meu canto! Fotografo você todos os dias, gravo bem o seu desprezo, mas ainda te amo. Acorda esse teu coração!! Que Deus me ouça, te quero tanto. Não subestime meus sentimentos, pois tudo o que quero é chegar até ti. Atrás dessa boca calada canta um coração desafinado.
~ Desafinado ( Alinne de Morais)
Ontem, 23 de março de 2013, foi um exaustivo, yet muito bom. Tudo começo às 6:30 da manhã, 8:00 am > simulado, depois foi apenas preparação para o centro marista de Arte e Cultura. Foi muito divertido, cara. Eu cheguei em casa às 21:30 mais ou menos, e estava muito feliz. 
Gabriela A.M.

Ontem, 23 de março de 2013, foi um exaustivo, yet muito bom. Tudo começo às 6:30 da manhã, 8:00 am > simulado, depois foi apenas preparação para o centro marista de Arte e Cultura. Foi muito divertido, cara. Eu cheguei em casa às 21:30 mais ou menos, e estava muito feliz. 

Gabriela A.M.